loading...

Pelo sexto ano seguido, Aracruz (ES) recebe o Brasileiro de Enduro FIM


Bruno Crivilin, líder das categorias Enduro GP e E1, é de Aracruz (ES). Crédito: Idário Café/Mundo Press

Aracruz (ES) – O Campeonato Brasileiro de Enduro FIM para motocicletas chega à metade nos dias 9 e 10 de junho com a quarta etapa do calendário. O município de Aracruz, no interior do Espírito Santo, será palco das disputas pelo sexto ano consecutivo e prepara grande festa. O evento terá como base a Praça da Paz. Com livre acesso, o público ainda poderá ver as feras da modalidade em ação, já que as especiais (trechos cronometrados) estão no máximo a 2,5 quilômetros do centro da cidade.
Líder das categorias Enduro GP e E1, Bruno Crivilin (equipe Orange BH KTM Racing) é prata da casa e terá todo o apoio da torcida local. O piloto é um dos principais nomes da atualidade, tanto que representa o Brasil no Campeonato Mundial de Enduro FIM.
As disputas em Aracruz também somam pontos para o Campeonato Capixaba, que inclui categorias especiais para a nova geração do esporte. “Teremos as classes Infantil A, até oito anos; Infantil B, de 9 a 12 anos; Juvenil A, de 13 a 15 anos; e Juvenil B, de 16 a 18 anos”, contou Aloisio Sfalsim, o Telão, responsável pela organização do evento.
“É muito importante incentivar os novos talentos e a modalidade no Estado. O Campeonato Capixaba tem somado mais de 100 inscritos em cada etapa, a nossa expectativa é de que o grid fique cheio em Aracruz”, continuou. De acordo com o organizador, a etapa em conjunto com o Brasileiro de Enduro FIM virou tradição e conta com forte apoio de todos na cidade capixaba.
“O Enduro FIM de Aracruz é aguardado pela população e ganhou muito reconhecimento na região. A prova é o evento esportivo que mais movimenta a economia da cidade e tem forte apoio do poder público. Será uma grande festa, ainda mais com a presença do Bruno Crivilin, que com certeza terá torcida especial. Todos gostam muito dele”, acrescentou Telão.
O percurso - O roteiro da prova tem aproximadamente 48 quilômetros e traz as características da região, com trechos acidentados e terreno firme, que pode ficar bastante liso no caso de chuva. Estão previstas três especiais: o Cross Teste Yamaha (com 4 km e passagem por pista de motocross); o Extreme Teste Rinaldi (3,1 km de muitas pedras); e o Enduro Teste MR Pró (3,8 km em pastagens e plantações de eucaliptos).
Os pilotos completarão três voltas no circuito por dia. Na volta de abertura, apenas o Cross Teste Yamaha será cronometrado. “O circuito também inclui deslocamentos escolhidos a dedo, principalmente para os pilotos da Enduro GP. As expectativas são grandes para a largada”, concluiu Telão, que conta com o suporte do Trail Clube Tribo da Trilha na organização.
Além de Crivilin, os atuais líderes do Brasileiro de Enduro FIM são: Júlio Ferreira (categoria E2 - equipe Honda Racing), Rômulo Bottrel (E3 - Yamaha O2 BH Racing), Tiago Wernersbach (E4 - Honda Moto Litoral), Patrik Capila (EJúnior - Yamaha O2 BH Racing), Maiara Basso (EFeminina - KTM Sacramento), Igor Reolon (E35 - Sócramento), Adriano de Ávila (Q4 - E40), Laurindo Filho (E45), Marcos Benvenutti (E50 - Sócramento) e Gabriel Bellaver (EAmador - Sócramento).
O Brasileiro de Enduro FIM 2018 é patrocinado por Rinaldi, Yamaha, ASW, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, Jeri Aventure Ride, KTM Sacramento, O2BH Yamaha, Motorex e Sig Visual.
Inscrições: www.brasileirodeenduro.esp.br/inscricaoSala de imprensa virtual: Acesse

Nenhum comentário:

Postar um comentário