Dados da Sejusp apontam redução da criminalidade em Campo Grande e interior de MS


Campo Grande (MS) – Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) mostram que Mato Grosso do Sul e Campo Grande estão mais seguros nestes oito meses de 2019, em comparação com ao mesmo período do ano passado. A principal redução está relacionada as ocorrências de roubos seguidos de morte (latrocínio), que configuram com uma queda de 50% no Estado, sendo registrados oito casos, enquanto na Capital esse percentual é ainda maior 87,5% – uma ocorrência em 2019 e oito em 2018.
Outro delito que também tem apresentado uma queda significativa no Estado são crimes contra o patrimônio. Os roubos em comércios, por exemplo, caíram 30,6%, sendo registrados 259 ocorrências em 2019. Logo depois estão os roubos de veículos, que registraram uma redução de 29,4%, passando de 531 registros para 375 em 2019. Em seguida estão as ocorrências em vias públicas, com queda de 23,3%. Já os delitos ocorridos em residências, as estatísticas apontam que os índices caíram 16,6%.
Em Campo Grande o destaque também é para roubos em estabelecimentos comerciais, com redução de 42,3%, seguido dos casos em vias públicas (-23,3%), em residências (-22,2%) e o de veículos (-17,3%).
Apesar de fazer fronteira com dois países e enfrentar diariamente o tráfico de drogas, os crimes contra a vida também sofreram redução, se comparados com 2018. Os homicídios dolosos apresentaram uma queda de 13,3%. Na Capital a redução é ainda maior 24,6%, sendo 57 mortes em 2018 e 43 em 2019. A Sejusp também apontou queda nos homicídios culposos no trânsito em todo o Estado (-7,6%), já em Campo Grande (-23,1%).
O titular da Sejusp, Antonio Carlos Videira, analisa que os índices são resultados do trabalho que vem sendo desenvolvido pela secretaria por meio de suas forças de segurança, com apoio do Governo do Estado, que tem feito investimentos significativos nesta área. “Nós estamos trabalhando muito, e temos obtido resultados positivos que têm colocado MS em destaque nacional, mas nem por isso, podemos ficar em uma zona de conforto. Promover segurança pública é a nossa missão, outra coisa é a sensação de segurança que se faz com polícias nas ruas, com repressão e ações de prevenção. Neste caso, não tem como fazermos isso sozinhos, precisamos compartilhar essa responsabilidade com a sociedade em geral”, pontua.
Ainda conforme os dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, dos 12 delitos monitorados diuturnamente o feminicídio foi o único que apresentou crescimento, de 9,5%, saindo de 21 casos (no ano passado) para 23. Em Campo Grande foram cinco óbitos registrados nestes oito meses.
Reportagem Regiane Ribeiro, da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp)
Publicado por: JOELMA BELCHIOR

Polícia Civil recupera motocicleta furtada em Aquidauana


Aquidauana (MS): Investigadores do 1ª Delegacia de Polícia de Aquidauana com o apoio da Delegacia de Anastácio recuperaram uma motocicleta Honda Bros, ano 2013, furtada de uma residência no dia 19 de agosto.
Os policiais chegaram ao local onde o veículo estava escondido e agora as investigações se concentram a fim de prender o autor do crime.
Publicado por: Carlos Eduardo

Ladrão tem mandado cumprido em Petrolina



Com mandado de prisão em aberto por roubo, Robson Mota da Silva Ferreira foi preso, nesta sexta-feira (13), no bairro João de Deus, em Petrolina, por uma equipe da Delegacia Territorial (DT), de Casa Nova, durante a Operação Vip.
De acordo com o delegado Arnóbio Dionísio Soares, titular da unidade policial, Robson foi submetido a exame de lesões e está custodiado na DT/Casa Nova, à disposição da Justiça.
Ascom-PC/Priscila Carvalho

Auxiliar demitido após se envolver em briga consegue reverter justa causa

A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho afastou a justa causa aplicada a um auxiliar de serviços gerais da Comercial Fegaro Importação, de São Paulo (SP), que se envolveu em briga física com um colega de trabalho durante o expediente. Como ele foi o único demitido após o incidente, os ministros consideraram que não houve isonomia de tratamento.
Travesti
A briga que motivou a demissão ocorreu dentro da empresa, em junho de 2017, depois que o auxiliar reagiu às ofensas de um colega, que o chamou de travesti e teria insinuado que ele “gostava de homens”. Na reclamação trabalhista, o empregado relatou que a agressão não foi isolada e argumentou os dois brigaram, mas somente a ele foi aplicada a rescisão por justa causa.
Sentença
O juízo da 69ª Vara do Trabalho de São Paulo entendeu que não havia como comprovar que a briga tinha sido iniciada pelo auxiliar apenas com base nos depoimentos e determinou a conversão da dispensa em imotivada. Segundo a sentença, a empresa não havia apurado o que de fato ocorreu entre os empregados.
Para o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), no entanto, a conduta do auxiliar de serviços gerais extrapolou a mera discussão acalorada, “aceitável de forma paternal com o propósito de preservar a manutenção da relação de emprego”, e resultou em ferimento com sangue. Assim, entendeu correta a aplicação da justa causa.
Isonomia
O relator do recurso de revista do empregado, ministro Mauricio Godinho Delgado, observou que ele não havia confessado que tinha agredido isoladamente o colega, mas que houve agressões de ambas as partes. Segundo o ministro, não é possível inferir que as agressões partiram do auxiliar ou que não tenha havido qualquer agressão ou provocação por parte do colega de trabalho, que disse ter sido agredido.
Para o ministro, a empresa agiu de forma desproporcional ao exercitar o seu poder punitivo e feriu o princípio da isonomia, ao aplicar a penalidade máxima a apenas um dos envolvidos. Ficou vencido o ministro Agra Belmonte.
Fonte: Tribunal Superior do Trabalho

Polícia impede execução de adolescente no “tribunal do crime” em Eunápolis


Um adolescente de 13 anos foi resgatado por policiais, momentos antes de ser torturado e morto por um grupo criminoso, na cidade de Eunápolis. Conforme o delegado Moisés Damasceno, coordenador da Polícia Civil na região, um jovem de 19 anos foi preso suspeito de participar da tentativa de crime e outros quatro fugiram por um matagal. Segundo informações de Moisés Damasceno, a vítima foi encontrada com as mãos e os pés amarrados, no bairro Juca Rosa, na quarta-feira (11).

O suspeito, identificado como Jhemison Oliveira Santos, tentou fugir dos policiais, mas foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e tráfico de drogas. O coordenador informou que foram apreendidos um bastão de madeira, uma barra de ferro, que tinha uma ponta afiada, uma balança de precisão, materiais utilizados para embalagem de drogas e e grande quantidade de maconha. De acordo com Moisés Damasceno, o suspeito confessou que o grupo pretendia matar o adolescente porque a vítima estava roubando na região, o que poderia terminar atraindo a polícia para o bairro. O caso é investigado pela delegacia de Eunápolis, onde o suspeito está à disposição da Justiça. *As informações são do G1

Implantação do Novo Ensino Médio a partir de 2020 é pauta de encontro em Brasília


Foto: Consed / Divulgação

A rede estadual de ensino de Santa Catarina esteve representada no 2º Encontro da Frente de Trabalho Currículo e Novo Ensino Médio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), em Brasília, entre segunda, 9, e quarta-feira, 11. O evento reuniu quatro representantes de cada uma das 27 unidades da federação, em uma imersão sobre diretrizes de implementação do Novo Ensino Médio, que ocorre a partir de 2020.
A secretária adjunta de Estado da Educação e coordenadora da Base Curricular no Estado, Carla Silvanira Bohn, acompanhou os trabalhos junto à equipe técnica catarinense e falou sobre a relevância da interação entre os estados, na discussão do Novo Ensino Médio.
“O encontro foi um momento rico e aprofundado, em que cada estado compartilhou conhecimentos, estratégias e práticas, assim como preocupações sobre a implementação do novo modelo. Isto vai além de uma abordagem conceitual e nos faz voltar a Santa Catarina com um conjunto de metas para dar suporte de implementação às nossas escolas”, declarou a secretária adjunta de Estado da Educação.
Metas de suporte para a implantação do Novo Ensino Médio em SC
A equipe de Santa Catarina formulou um conjunto de metas para apoiar os educadores e gestores escolares durante a implementação do Novo Ensino Médio na rede estadual de ensino. O compromisso com o novo modelo compreende um processo gradativo, que começa com a adesão de parte das 1.071 unidades escolares e em etapas.
Sicilia Vechi -

URUÇUCA: SERRA GRANDE SEDIA ETAPA DO BAIANO DE PESCA EM TERRA FIRME


Etapa do Baiano de Pesca em Terra Firme será disputada em Serra Grande || Foto Divulgação

Serra Grande, em Uruçuca, sediará a segunda etapa do I Campeonato Baiano de Pesca em Terra Firme, nos dias 21 e 22 de setembro. O evento foi possível, de acordo com o município, após parceria com a Federação Baiana de Pesca e Atividades Subaquáticas para que o evento ocorre no balneário.
“Serra Grande tem crescido muito nos últimos anos e o nosso intuito é fazer deste lugar o melhor destino turístico da região. A etapa do Campeonato de Pesca acontecerá na praia do Pé de Serra, ambiente perfeito para sediar a competição e entrar, definitivamente, no Circuito Baiano de Pesca”, disse o prefeito Moacyr Leite Júnior.
O torneio é aberto à comunidade em geral e as inscrições custam R$ 50,00 por atleta mais 1 quilo de alimento não perecível. De acordo com a organização, o alimento arrecadado durante a competição será doado a famílias carentes da Serra. As inscrições poderão ser feitas no local, das 9h às 11h, no dia 21, dia em que começa a competição.